"Abrindo..."

No dia 8 de agosto, o Padre Fábio de Melo fez um tweet sobre a polêmica “saidinha”que os presos fazem em determinados feriados. Ele comentou sobre o caso de Alexandre Nardoni, que obteve esse direito de sair no dia dos pais.

Após essa declaração, o Padre recebeu diversos xingamentos, lição de moral, por ter expressado sua opinião. Ele se mostrou bem chateado com isso, e por já ter sofrido de depressão achou melhor deixar a rede social.



O Padre Fábio de Melo sempre foi muito ativo nas redes sociais, sempre posta seus lindos textos, brinca com seus seguidores e até mesmo com alguns famosos, sempre de uma forma saudável. E neste post que ele fez uma crítica, que era sua opinião, foi completamente massacrado.

Assim, conseguimos ver como as coisas realmente estão hoje, não se pode dar uma opinião, um comentário, que as pessoas começam a julgar de forma muito cruel.

Precisamos tomar muito cuidado com o que falamos uns aos outros, pois não sabemos como a pessoa irá interpretar aquilo, como ela está lendo do outro lado da telinha. Como o Padre já havia sofrido de depressão e sabia que isso poderia ser um gatilho para voltar a sofrer, resolveu cortar logo, mas e quem não consegue ver isso? Não podemos sair massacrando, ofendendo as pessoas, mas sim uma conversa boa e saudável para ajudar nos erros ou até mesmo em opiniões diferentes.


Precisamos parar de distribuir tanto ódio nas redes sociais, respeitar as opiniões diferentes das nossas, não atacar as pessoas. Essa saída do Padre Fábio de Melo do Twitter, uma rede social que ele tanto gosta, é um grito de socorro à sociedade. Devemos ter nossa liberdade e respeitar sempre o próximo!